Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.fametro.com.br/jspui/handle/123456789/711
Title: A propagação de informações sobre alimentação, nutrição e suplementação por influencers no instagram
Authors: Paim, Raquel Teixeira Terceiro
Silva, Adriane Abreu da
Nascimento, Joice Gomes do
Keywords: Redes sociais
Instagram
Nutrição
Issue Date: 14-Dec-2020
Citation: SILVA, Adriane Abreu da; NASCIMENTO, Joice Gomes do. A propagação de informações sobre alimentação, nutrição e suplementação por influencers no instagram. 2020. 22f. Artigo (Graduação em Nutrição) – Centro Universitário Fametro, Fortaleza, 2020.
Abstract: O Instagram é uma rede social muito popular atualmente, sendo uma plataforma caracterizada pelo compartilhamento de fotos e vídeos. Nesse contexto, dos personagens atuantes nessa plataforma, destacam-se os reconhecidos digital influencers (influenciadores digitais), que se sobressaem dos demais perfis, reúnem e influenciam milhares ou até mesmo milhões de seguidores. Alguns digital influencers evidenciam-se pelos “conteúdos fitness”. As publicações desses perfis enfocados no tema fitness englobam dicas de exercícios físicos e alimentação/suplementação alimentar e vitamínica, de forma sistemática e reiterada no tempo, apesar de, muitas vezes, não possuir capacitação adequada para a tutoria na área. Diante do exposto, o objetivo desse estudo é analisar os posts e stories de 8 influencers fitness brasileiros mais seguidos na plataforma Instagram, que tratam em seus conteúdos informações sobre a alimentação, nutrição e suplementação. Trata-se de uma pesquisa descritiva, a partir de uma análise documental, cuja fonte de coleta foi na plataforma Instagram. Foram coletados stories e posts publicados pelos perfis selecionados e realizado uma análise objetiva do conteúdo através da aplicação de um checklist adaptado. Apesar do estudo englobar apenas 8 influencers da plataforma Instagram, do total de 1.912 stories e posts coletados, 581 propagavam conteúdos sobre alimentação, nutrição e suplementação, assujeitados ao complexo mundo da publicidade e propaganda. Esses conteúdos eram acompanhados por rotinas de treino e culto ao corpo, com foco na mudança de estilo de vida, sem levar em consideração a individualidade e adequabilidade da clientela influenciada. Ademais, tais influenciadores não possuem formação acadêmica na área de nutrição ou médica. Isso torna-se relevante, uma vez que, as recomendações colocadas nas plataformas de redes sociais, permitem a propagação de atitudes alimentares descompassadas dos princípios da adequação e qualidade das leis de Pedro Escudeiro, assim como, os princípios do Guia alimentar para a população brasileira, a qual orienta o consumo de todos os grupos alimentares de acordo com as necessidades diárias, restringindo nutrientes apenas em condições especiais. Como conclusão, as influencers apresentaram em seus posts uma grande frequência de publicidade de suplementos, produtos alimentícios ou loja de alimentos, além de promover fortemente a ideia do culto do corpo, por meio da publicação de imagens e vídeos dos seus corpos magros e bem definidos. Soma-se, ainda, a ideia atrelada do sucesso de suas conquistas de definição corporal, a sua rotina pessoal de alimentação, influenciando o consumo e restrição de alimentos através de merchandising. Houve, portanto, um rol de orientações nutricionais sem considerar as especificidades da saúde de seus seguidores, fato esse, agravado pela ausência de formação acadêmica desses influencers para difundir tais recomendações.
URI: http://repositorio.fametro.com.br/jspui/handle/123456789/711
Appears in Collections:Nutrição Centro - Artigos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ADRIANE ABREU DA SILVA e JOICE GOMES DO NASCIMENTO_TCC.pdf702,55 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.