Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.fametro.com.br/jspui/handle/123456789/364
Title: Perfil alimentar de gestantes e crianças no brasil: uma revisão integrativa
Authors: Paim, Raquel Teixeira Terceiro
Sousa, Gabriele da Silva
Sousa, Gisele da Silva
Keywords: Consumo alimentar
Gestantes
Dieta
Lactente
Criança
Issue Date: 24-Jun-2020
Citation: SOUSA, Gabriele da Silva; SOUSA, Gisele da Silva. Perfil alimentar de gestantes e crianças no brasil: uma revisão integrativa. 2020. 23f. Artigo (Graduação em Nutrição) - Centro Universitário Fametro, Fortaleza, 2020.
Abstract: A gestação é uma fase a qual ocorrem grandes transformações emocionais, sociais e comportamentais. Durante esse período, também surge o aumento das demandas nutricionais, favorecendo o quadro de deficiências, pois nem sempre os hábitos alimentares prévios estão compatíveis ou se adéquam às novas necessidades da gestante. Na mesma importância, o processo de crescimento e desenvolvimento infantil traz grande preocupação aos profissionais da saúde, em vista da concomitância da alta demanda energética e o suprimento nutricional ofertado, sendo que estes estão sujeitos às sequelas gestacionais, assim como ao perfil dos hábitos alimentares atuais maternos. Diante do exposto, o objetivo desse trabalho foi revisar na literatura o perfil de consumo alimentar entre gestantes e público infantil no Brasil, assim como os fatores associados a esse perfil. Foi realizada uma revisão integrativa de literatura apresentando os seguintes critérios de inclusão: artigos em português, publicados nos últimos cinco anos que apresentam em sua discussão considerações sobre hábitos alimentares de gestantes e crianças nos primeiros anos de vida, indexados na base de dados CAPES, LILACS e SCIELO. Foram utilizadas combinações com as seguintes palavras chaves, consideradas descritores de saúde: “Comportamento Alimentar”, “Gestantes”, “Dieta Saudável”, “Nutrição do lactente”, “Nutrição da Criança” e “Obesidade infantil”. Por apresentarem aspectos que correspondiam à questão norteadora desta revisão, apenas 13 artigos foram escolhidos como objeto de estudo. Os achados demonstraram uma alta prevalência de padrões alimentares não saudáveis e não recomendados aos públicos infantis e de gestantes, caracterizado por alto consumo de industrializados, baixo teor de vitaminas e minerais, os quais podem ser justificados pela menor escolaridade, renda e demografia, conferindo aumento do risco da insegurança alimentar para ambos os públicos. Conclui-se, diante da análise dos desfechos encontrados, que existe grande relação e semelhança nos perfis de consumo maternos e infantis, provavelmente, um consequente do outro, apesar de nesse estudo não se utilizar de uma análise homogênea ou continuada, e sim retratos de momentos distintos da história natural dos públicos. Dessa forma, é urgente abrangências das políticas públicas voltadas a esses dois públicos, com foco na continuidade do processo.
URI: http://repositorio.fametro.com.br/jspui/handle/123456789/364
Appears in Collections:Nutrição Centro - Artigos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
GABRIELE DA SILVA SOUSA e GISELE DA SILVA SOUSA_TCC.pdf272,78 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.